quinta-feira, 12 de outubro de 2017

DICAS CONTRA O DESPERDÍCIO



1) Quando for usar uma metade do abacate, deixe a outra com caroço. Isso evita que ela deteriore com rapidez;

2) Não jogue fora os talos do agrião, pois eles contêm muitas vitaminas. Limpe; pique e refogue com tempero e ovos batidos;

3) Todas as folhas verde-escuro,  são ricas em ferro. Não deixe de aproveitá-las.

4) Os talos de couve, taioba, espinafre, etc contêm fibras e devem ser aproveitados em refogados, no feijão e na sopa;

5) Sobras de bolacha/biscoito não devem ir para o lixo. Despedace-as e guarde-as em vidro fechado, para usar como cobertura de bolos;

6) O vinho azedado pode ser aproveitado como vinagre; (apesar não ingerirmos bebida alcoólica, meu sogro outro dia jogou fora 5 litros de vinho porque estava ruim, o que poderia ser aproveitado como vinagre)

7) Se sobrou purê de batata, forme pequenas bolinhas, polvilhe com farinha-de-rosca e frite como croquete;

8) A abóbora é altamente nutritiva. Lembre-se de aproveitá-la inteira: casca, polpa, folhas e sementes;

9) Folhas de nabo, rabanete e beterraba têm maior concentração de carboidratos, cálcio, fósforo e vitaminas A e C, se comparadas com a raiz, que estamos acostumados a comer. Pique-as bem e sirva em salada, refogadas ou em conserva;

10) As folhas de cenoura são riquíssimas em vitamina A e devem ser aproveitadas para fazer bolinhos, sopas ou picadinhas em saladas. O mesmo se pode dizer das folhas duras da salsa;

11) Alho é sempre muito caro. Evite as perdas, transformando-o em pasta; (quando faço isso coloco óleo ou azeite em cima para conservar melhor)

12) Somente depois de assado o peixe é que se deve tirar-lhe a cabeça. Se não, a parte cortada fica seca e dura; (a cabeça também pode ser aproveitada para sopa ou pirão)

13) Cozinhe as verduras e os legumes num cuscuzeiro, aproveitando o vapor. Assim, elas não perderam o valor nutritivo;

14) Rale sobras de queijo e use em molhos e sopas;

15) Se a maionese talhar, não jogue fora, pingue água quente até que ela volte ao ponto; (essa eu nunca experimentei, mas se alguém gostar me conta depois)

16) Se for cozinhar batata para usar durante alguns dias, acrescente uma cebola à água do cozimento, para que elas não escureçam;

17) A água do cozimento das batatas concentra as vitaminas. Aproveite-a, juntando leite em pó, manteiga e a batata amassada para fazer purê;

18) Adicione batatas cruas cortadas a sopas ou ensopados que tenham ficado salgados demais. As batatas vão absorver o sal durante o cozimento;

19) A parte branca da melancia pode ser usada para fazer doce, que se prepara como o doce de mamão verde; (que podem ser guardado e conservado em conserva!)

20) A casca de laranja fresca pode ser usada em pratos doces à base de leite, como arroz-doce e cremes; (raladinha, é claro)

21) Para conservar a metade do limão que ainda não foi usada, coloque-a no pires com água, com a parte cortada para baixo e leve à geladeira;

22) Para não desperdiçar o suco que a fruta pode dar, bata o limão com um martelinho antes de cortá-lo;

23) Cebola tira gosto de queimado do feijão;

24) Para que a farinha de trigo guardada não encaroce, acrescente-lhe um pouco de sal;

25) Se quiser guardar a farinha de trigo por muito tempo, deixe-a na geladeira ou no congelador, para que não fermente;

26) Para se tornar fresco o pão amanhecido, basta umedecê-lo levemente com água ou leite e levar ao forno quente por alguns minutos; (também dá pra fazer isso no microondas com 10 ou 20 segundos, depende de quanto você molhar)

27) Se o tomate estiver mole, deixe-o de molho na água fria ou gelada por uns 15 minutos. Ele ficará mais rijo e fácil de ser cortado;

28) Para conservar a salsa fresca, lave, deixe secar e corte bem fininho. Depois, guarde a salsa num vidro, coberta com óleo;

29) Pó de folha de mandioca é alimento rico em vitamina A e ferro. As folhas devem secar à sombra e moídas com pilão ou batidas no liquidificador. Guarde em vasilha fechada. Usem pitadas nas refeições;

30) Guarde o queijo-de-minas na geladeira em recipiente fundo com pouca água salgada. De manhã e à noite vire o queijo, para umedecer os lados. Ele assim se conservará fresco;

31) Para que o macarrão não grude, regue com um fio de óleo depois de escorrer;

32) Sempre que possível, evite bater os alimentos no liquidificador. Use a peneira ou amasse-os;

33) Restos de verduras podem dar ótimos suflês;

34) Para o óleo render mais, passe-o por um filtro a cada fritura; (sinceramente, não acho isso muito legal, mas sei que tem pessoas não tem condições e que reaproveitam o óleo principalmente com o preço que está agora, então é melhor que seja assim)


35) Caroços de abóbora torrados com sal servem como aperitivo. Fazem bem para os rins e a bexiga. O mesmo vale para a soja; (e pensar que a gente paga tão caro por esses aperitivos e acaba jogando fora em casa na hora de cozinhar)

36) Pão velho torrado no forno e ralado serve como farinha de rosca. Se amolecido com leite, serve para recheio de frango, ligamento para bolinhos, tortas de carne, etc;

37) Bolo velho pode ficar novo se mergulhado em leite frio e assado em forno médio. Para mantê-lo bom por mais tempo, é só embrulhar com toalha úmida e guardar em lugar fresco;

38) Frutas que foram cortadas pela metade permanecem boas se pinceladas na área do corte com limão;

39) Frite uma cebola em pedaços no óleo utilizado para a fritura de peixes. Assim você poderá utilizá-lo;

40) Cascas de batata bem lavadas, temperadas e fatiadas, cozidas no forno ou fritas são nutritivas e gostosas; (fica uma delícia, só não deixe muito tempo fritando, é rápido)

41) Fermento fresco não perde sua força se congelado;

42) Cozinhe os talos e folhas verdes de couve-flor até ficarem macios e sirva com manteiga derretida ou molho branco por cima. Além de ficarem saborosos, são muito nutritivos;

43) Use as folhas do salsão secas e esfareladas como condimento em sopas, molhos de salada ou cozidos;

44) Com cascas de maçã você poderá preparar um agradável chá e também um saboroso refresco;

45) Sirva a salada separada do molho. Assim, os restos podem ser guardados separadamente, servindo para outros pratos;

46) A salada dura mais tempo se guardada em papel absorvente em recipiente plástico, ou em saco plástico na parte baixa da geladeira;

47) Ossos de bisteca podem ser usados para dar sabor a sopas, caldos e ensopados; (isso vale também para aquelas partes da galinha que não usamos, é só deixar guardada no freezer e aproveitar na canja)

48) O mocotó dos ossos serve para enrijecer um molho ou caldo de carne;

49) Retire a maionese que ficar no fundo do vidro com suco de limão. A mistura dará um ótimo molho para salada;

50) Para que as uvas durem mais, é aconselhável que se lave os cachos antes de levá-los à geladeira. Assim, você estará eliminando boa parte da flora microbiológica da fruta, que é responsável pela sua deterioração; (isso vale pra todas as frutas, vamos lavá-las antes de guardar na geladeira)

51) O figo tem casca extremamente porosa, suscetível a agrotóxicos e pesticidas. Coma-o sempre sem casca.

52) Não se engane quanto às sementes de goiaba. Elas não são prejudiciais à saúde.

53) Cascas de manga dão um delicioso suco;

54) Não se devem desprezar as sobras dos alimentos preparados. Deve-se, sim, aprender a guardá-las adequadamente para que não estraguem.



 Tome sempre os seguintes cuidados:

a)  Conserve em geladeira ou local fresco e procure utilizá-las  logo;
b) Deixe-as esfriar antes de guardá-las;
c) Guarde-as em vasilhas limpas, secas e tampadas;
d) Durante o verão, examine muito bem as sobras: se apresentarem vestígios de mau cheiro, bolor ou espuma, jogue-as fora.